De pai para filha, as tradições se consolidam. Essa máxima também serve para as empresas. Passando aos herdeiros o controle da gestão, empresários bem-sucedidos encontram um meio de continuar trilhando o caminho do sucesso. Foi pensando assim, que Joberto Soares Guimarães decidiu diante de várias experiências colocar nas mãos da filha, Cínthia Guimarães, o seu empreendimento.
Na década de 90, o carioca Joberto veio morar no Maranhão e depois de ter trabalhado em vários segmentos, decidiu conhecer o ramo de hotelaria, procurou o Sebrae e deu os primeiros passos ao seu próprio negócio, em Carolina.
Sua família tinha como herança um casarão colonial no centro da cidade de Carolina, com mais de 150 anos que possuía características peculiares da época. Sendo preservado e mantido pela família até os dias de hoje, a edificação se tornou uma das pousadas mais procuradas na cidade.
Em 1996, surgia a Pousada Candeeiros, formalizada, mas com muitos desafios e obstáculos pela frente. De lá para cá, o número de apartamentos cresceu; antes 06, depois 15, depois 21 e hoje são 40 apartamentos. ‘
“Junto com meu pai participamos de todas as ações junto ao Sebrae no Maranhão, das missões e visitas técnicas, do Empretec que mudou minha vida, foi quando caiu a ficha que precisa sair do operacional e empreender mais’’, destacou Cínthia.
PARCERIA
Em janeiro de 2010, Cínthia lança sua agência de turismo: a Torre da Lua, localizada ao lado da pousada do pai, que a incentivou a abri o negócio para atender uma grande demanda dos seus clientes por pacotes e passeios turísticos.
A cidade de Carolina a cada ano atrai milhares de turistas de todo o mundo, boa parte usam a internet como pesquisa e busca de informações, por isso os empresários resolveram entrar em parceria e anunciar em sites de reservas de meios de hospedagem e hoje seus clientes podem também avaliam o atendimento, indicam e registram suas viagens à região nas redes sociais.
’O que meu pai me ensinou de melhor? Acho que a não ter medo de errar, não ter medo da vida, de trabalhar, me ensinou e ensina a ter autoestima, acreditar no meu potencial. Acreditar em mim é ser livre. Livre para sonhar. Obrigado pai, tudo que sou aprendi com você’’, disse a empresária.
EXEMPLO
A parceria de Cínthia com o pai empresário é um exemplo do mercado maranhense, uma vez que o estado é o que tem a maior proporção de empresas familiares do país. De acordo com a pesquisa “Relatório Especial – Empresa Familiares”, realizado pelo Sebrae Nacional, no Maranhão 69% das empresas são familiares, seguido por Santa Catarina, com 68%, e o Espírito Santo, com 64%.
Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, há mudanças no cenário global que cria a necessidade de profissionalizar a gestão dos negócios para garantir a sobrevivência a longo prazo.
“No mundo atual, onde o mercado está cada vez mais competitivo, é muito importante que as empresas familiares profissionalizem a gestão. Temos acompanhando várias empresas com este perfil e que já estão atentas a este desafio. Só crescerá quem se preocupar em ter processos estáveis e que possam atender as demandas emergentes do mercado em que atua. O processo de profissionalização deve abarcar todas as práticas e sistemas, desde a área financeira, a gestão de pessoas, de operação até a gestão de riscos”, comentou.
A gestora de Projeto de Turismo da unidade regional do Sebrae em Balsas, Cecília Salata, comentou que inúmeros estudos já demonstraram a importante contribuição que os pequenos negócios dão à economia brasileira. Inclusive a própria Cadeia Produtiva do Turismo tem esta característica especial.
“No atual contexto empresarial, gerir um pequeno negócio, unicamente, é uma tarefa desafiadora, ao considerarmos que seja familiar exigirá de seus fundadores e herdeiros, múltiplas habilidades. Deve-se buscar a profissionalização da gestão e com aplicação dos conceitos e recomendações, os efeitos positivos para empresas familiares podem ser a equipe melhor qualificada, comprometida com os resultados e com a melhoria dos processos; condução das ações da empresa, avaliando aonde ela quer chegar. Dirigentes comprometidos com o alcance dos resultados e visão de futuro do negócio da família são essenciais”, afirmou.

Atendimento On-line
%d blogueiros gostam disto: