A Serra dos Animais e do Justino compõe a Serra Torre da lua (desde 1849), tem seu ponto culminante a 550 de altitude e uma extensão conforme registro paroquial 2 (duas) léguas da nascente para o poente. Constitui hoje, um verdadeiro refúgio para animais silvestres em seus extensos campos cerrados, matas de galeria, encostas íngremes, com diversas nascentes de rios perenes como a Lajinha, Bacaba, Suçuarana, Lontrinha, Matrinxã, Solta, Mamoneira e Landi.  
Localizada no município de Filadélfia (TO), à margem esquerda do Rio Tocantin, divisa com o município de Carolina (MA), está presente na aérea de amortecimento do monumento natural das arvores fossilizadas do Tocantins (MNAFTO) e próximo ao Parque Nacional da Chapada das Mesas (MA), possuindo semelhante geomorfologia, torna-se uma das principais atrações da região para os amantes da natureza que busca o contato puro com a natureza.
O local é ideal para trilhas interpretativas, escalaminhadas, banho de rios e cachoeiras, bem como para apreciadores de ave-fauna e vista panorâmica.

O atrativo é particular e o passeio só pode ser adquirido através de uma agência de turismo credenciada no Minist. Turismo. A proposta é valorizar as empresas da região que trabalham de maneira legal, garantir a segurança e correta informação sobre o passeio. Os guias locais que trabalham no atrativo são os mesmos da agência Torre da Lua. Atualmente, oferecemos duas opções de caminhadas: Trilha Tributo e Trilha do Segredo. São espetaculares ! …. em breve estaremos com ainda mais novidades….

Curiosidade: “Diferença de Hiking e Trekking: Ambos são caracterizados pela caminhada, ou seja, os dois se referem basicamente ao ato de caminhar, e nesse ponto não há diferença entre eles. Mas as palavras “hiking” e “trekking” carregam sentidos distintos. No Brasil, o termo trekking é empregado em praticamente toda caminhada ao ar livre, especialmente em montanhas. O hiking consiste em uma caminhada de curta duração, de poucas horas e que não seja necessário acampamento ou alojamento. Enfim, o hiking é uma caminhada de 1 só dia, é um bate-volta na trilha. O trekking implica em dormir “fora”, em abrigos, barracas, sacos de dormir, tendas e etc. Mas o trekking geralmente é mais que isso, ele está fortemente relacionado ao desafio e a conquista.” (http://www.seumochilao.com.br/diferenca-entre-hiking-e-trekking/)

HIKING TRILHA TRIBUTO
Esta trilha possui duas opções de distâncias: 8,5km e 13km. O percurso de 8,5km é para quem deseja fazer uma caminhada menor e já conseguir visualizar uma das vistas mais bonitas da região, que chamamos de Landir. Crianças a partir de 9 anos com espírito aventureiro, se em grupos pequenos, já conseguem acessar o local. O passeio tem saída às 7h em período de chuva e 6h em período de seca. A Torre da Lua providencia lanche de trilha e o mesmo é entregue antes da saída para trilha. Leve bastante água para hidratação, protetor solar e repelente. Utilize roupas leves e confortáveis, de preferência comprida para proteção do sol e bota para maior aderência e conforto. Caminhando mais 5 km você consegue chegar na Vista da Serra dos Animais, um corredor onde de um lado se contempla outros morros com cerrado bastante conservado e do outro lado as curvas sinuosas do Rio Tocantins. A decisão de caminhar os 5 km a mais será em decisão conjunta do grupo e aceite do guia, pois temos que chegar na Matrinxã até às 15h30m para finalizarmos nosso passeio com barco no Rio Tocantins. O barco termina seu caminho já na Rua Imperatriz, primeira rua da cidade de Carolina, onde subimos na Rua Grande ou Getúlio Vargas e contemplamos a parte histórica da cidade.

 

TREKKING NA TRILHA DO SEGREDO
Caminho que faz até gigante chorar…de emoção… Percurso de 20 a 25 km com cerrado praticamente intocado, percurso com maior diculdade de acesso, caminhada de aproximadamente 09 horas de duração no primeiro dia. Além da vista da Serrinha adentramos mata adentro pela enconta da serra, e subimos o Morro do Segredo, local especial onde se tem visão de aprox. 360º de toda região, inclusive conseguimos avistar o Morro do Chapéu, cartão-postal da cidade de Carolina. Agora a proposta é pernoitar com barraca ou rede em cima da serra e na manhã do dia seguinte fazer mais uma pequena caminhada e retornar no dia seguinte de barco pelo Rio Tocantins. Sabe aquela sensação que você está desbravando um local? Então, esta é a proposta, porém com o menor impacto ambiental possível…

das Mangabas, fruta de sabor delicioso e inigualável.

PASSEIO DE BARCO NO RIO TOCANTINS
Incluso nas duas trilhas, pois a experiência de terminar a trilha voltando de barco é especial…Aproximadamente, 1h30m de passeio.

PASSEIO COM ANIMAIS ( chama a “samula”…)

A região possui duas estações bem difinidas: uma seca e outra chuvosa. Durante a seca, que vai de maio a setembro, as serras da região ganham um tom avermelhado que chamam muito a atenção do viajante e principalmente do turista. É época da florada dos ipês, dos craibeiros, dos cegamachados que exibem majestosamente suas flores de tons amarelados e roxos também. Outra peculariedade do cerrado e desta região é observar como sua flora tem uma força de recuperação incrível que basta chegar as primeiras chuvas da primavera que o verde e o colorido das flores resplandescem nas planícies, planaltos e chapadões desse grande bioma. É na primavera, em novembro que a Torre da Lua realiza o Evento Rota